top of page
  • Foto do escritorJorge Okagawa

Esses são os erros que fazem seu vídeo institucional ser ignorado com louvor

Homem chateado assistindo a um vídeo institucional
Homem chateado assistindo a um vídeo institucional

Uma das técnicas de tortura muito usada nos último anos, mas pouco mencionada é ser obrigado a assistir o vídeo de casamento de pessoas que você acabou de conhecer. Os noivos relembram todos empolgados e comentam cenas, acontecimentos, encontros e pessoas que em sua maioria você não conhece ou não tem conexão. Você reage com um sorriso amarelo, enquanto luta contra o sono e torce para que o vídeo acabe.


Seria engraçado se não fosse trágico, não é mesmo?


Brincadeiras à parte, é mais ou menos assim que as pessoas se sentem ao assistir a maioria dos vídeos produzidos pelas empresas.


Um vídeo institucional é uma peça básica de comunicação de todas as empresas de médio e grande porte, são uma espécie de cartão de visitas em seu site ou páginas nas redes sociais. Então ele de fato, tem motivos e sentido para existir. Mas a verdade é, a maioria dos vídeos institucionais são feitos para serem ignorados. Não que essa seja a intenção de quem contratou a produção, no entanto, a estratégia ou na maioria das vezes a falta dela leva fatalmente a esse resultado.


Como produtora especializada em vídeos para empresas, nos deparamos diariamente com erros comuns que fazem com que os vídeos institucionais ou comerciais sejam ignorados e caiam no esquecimento. Por estarmos convencidos, por meios empíricos do poder de vídeos bem produzidos para sua empresa, vamos considerar alguns dos principais erros, para que você os conheça e assim possa evitá-los.


1- Ausência de uma linha
narrativa envolvente

As pessoas não gostam de assistir propaganda, mas gostam de assistir filmes. Qual a diferença entre eles? Os filmes possuem uma linha narrativa envolvente. Uma história que gera alguma conexão.


Um vídeo sem isso, é apenas uma propaganda. Pulável em 5 segundos e esquecida mais rápido ainda. A maioria dos vídeos institucionais são apenas uma sucessão de informações sobre a empresa, basicamente um panfleto transformado em vídeo.


Uma narrativa envolvente é aquela que prende o espectador desde o início e o leva a uma jornada emocional ou intelectual. Pode ser uma história inspiradora sobre como a empresa superou desafios para alcançar o sucesso, ou uma narrativa mais pessoal que destaque as pessoas por trás da marca. Qualquer que seja a abordagem, é importante que o vídeo conte uma história que ressoe com o público-alvo e o mantenha interessado até o fim.


Certifique-se de que seu vídeo tenha uma narrativa coesa e que se conecte emocionalmente com seu público. Se tratando de produção de vídeos, isso deve ser feito não apenas por meio de uma narrativa textual, mas principalmente, por uma narrativa visual.


2- Vídeos longos e sem objetividade

É fato, a atenção das pessoas se tornou um produto mais escasso do que nunca, sua capacidade de foco e atenção está cada dia mais limitada. Se seu vídeo for longo demais, as pessoas provavelmente o abandonarão antes mesmo de chegar ao fim. Mantenha seu vídeo curto e objetivo. Assim como o comportamento e a forma de consumo de conteúdo das pessoas muda, a maneira de se produzir vídeos também. Tem se tornado comum, que ao invés de produzir um único vídeo longo e cheio de informação, a produção de vários vídeos institucionais, menores, mais ágeis e de fácil consumo. Todos dentro de uma mesma campanha com o objetivo de apresentar sua empresa, valores e conceitos ao mundo.


Obviamente, a duração ideal de um vídeo vai variar de caso a caso. Por isso, um planejamento de pré-produção e o roteiro são fundamentais para que o vídeo tenha a duração ideal para não comprometer essa conexão com o público.



Mantenha seu vídeo estruturado em cima de um objetivo pré-definido e foque-o nos pontos chave eliminando qualquer informação desnecessária. Lembre-se, menos é mais quando se trata de reter a atenção do espectador 


3- Falta de identidade e criatividade

Esse é um erro muito comum. A empresa entende que precisa fazer vídeos e ela simplesmente faz vídeos. O problema é que centenas de outras empresas estão fazendo a mesma coisa. Com a quantidade de conteúdo disponível online, se seu vídeo for genérico e sem inspiração, é provável  que seja ignorado em favor de um vídeo mais criativo e envolvente.


No entanto, aqui fica um alerta muito importante. Estamos falando de um vídeo para uma empresa, e não simplesmente de um criador de conteúdo onde tudo o que importa são os views. A criatividade tem que trabalhar para destacar sua identidade. 


Assim, primeiro é preciso definir essa identidade, identificar os objetivos estratégicos de uma campanha e em cima disso trabalhar de forma criativa para gerar um vídeo cativante e realmente eficiente.


4- Baixa qualidade técnica

Esse erro costuma estar associado ao mesmo pensamento citado no ponto anterior. Simplesmente ligar uma câmera ou na maioria dos casos um smartphone e gravar um vídeo. Mais uma vez vale lembrar que você está produzindo um vídeo para sua empresa e não apenas uma trend de redes sociais. A qualidade técnica do seu vídeo tem impacto direto na percepção da sua marca.


Um áudio ruim, imagens tremidas ou com baixa resolução, cortes mal feitos e edição amadora incomodam e faz com que os espectadores abandonem o vídeo antes do fim ou fiquem com uma sensação de amadorismo que compromete a credibilidade da sua marca.


Investir em uma produção de alta qualidade é essencial para garantir que seu vídeo institucional seja bem recebido e bem percebido pelo público. Isso inclui trabalhar com profissionais experientes em produção audiovisual, usar equipamentos de gravação de alta qualidade e garantir uma edição e pós-produção cuidadosa.


5- Excesso de “Propaganda”

Para que um vídeo possa ser bem produzido e usado para a finalidade correta, é preciso entender que existem diferentes tipos de vídeos. Para vender um produto específico podem ser produzidos vídeos comerciais, promocionais e reviews. O objetivo de um vídeo institucional é apresentar sua empresa ao mundo, compartilhar coisas como seus valores, sua história, seu propósito e outros elementos que a torna única no mundo.


Se o seu vídeo institucional parece mais um comercial do que uma representação autêntica e genuína, não gerará a conexão necessária para que sua marca fique bem posicionada no imaginário do seu público. 


É preciso encontrar o equilíbrio entre promover sua empresa e entregar um conteúdo de valor.

Aqui mais uma vez os pontos se conectam. Uma identidade bem definida, com uma boa estratégia, um processo de pré-produção adequado e um roteiro bem desenvolvido são capazes de criar uma peça verdadeiramente memorável.


Em vez de apenas falar sobre como sua empresa é incrível, crie uma história com uma narrativa visual adequada que evidencie seus valores, sua história e como você pode ajudá-los a resolver seus problemas ou alcançar seus objetivos. 


6- Não trabalhar na
distribuição do conteúdo

Não se iluda, mesmo produzindo o melhor vídeo do mundo, você ainda corre o risco de ser ignorado se as pessoas simplesmente não o assistirem. Como já mencionado, há uma infinidade de conteúdo disponível de forma online e em sua maioria no formato de vídeos.


Não importa qual seja o seu ramo, há um aspecto no qual o mundo inteiro é seu concorrente, o tempo. Seu vídeo, estará concorrendo com todo o resto de conteúdo gerado. As pessoas possuem as mesmas 24h para assistir as dancinhas, trends, vídeos engraçados e o seu vídeo institucional. Na distribuição orgânica (sem investimento em tráfego), a disputa é quase impossível. 


Os algoritmos mostram para as pessoas o que elas querem ver. A imensa maioria não está buscando pelo vídeo institucional da sua empresa e sim por entretenimento, informação e uma minoria por conhecimento. Por isso, é muito válido depois de investir tempo e dinheiro na produção de um super vídeo institucional para separar uma verba para impulsionar a distribuição desse conteúdo.


Conclusão

Em última análise, criar um vídeo institucional que capture a atenção do público e se destaque da multidão requer um cuidado meticuloso para evitar esses e vários outros erros comuns que podem levar as pessoas a ignorarem seu conteúdo. Desde garantir a clareza da mensagem até fornecer valor tangível para o espectador, cada aspecto do processo de produção de vídeo deve ser cuidadosamente considerado e executado para garantir o sucesso final do projeto.


É nisso que nós da M20 Studio acreditamos e é isso que nós fazemos todos os dias. Nosso propósito é produzir vídeos criativos e autênticos que tornem as empresas e suas marcas memoráveis. Se você quer saber mais sobre o que não fazer nos seus vídeos comerciais e institucionais e como fazer com que seus vídeos sejam mais criativos, autênticos e eficientes, estamos à disposição para te ajudar em um bate papo consultivo.


79 visualizações1 comentário

1 Comment


Anastácia Mendes
Anastácia Mendes
Mar 14

Confesso que consumo bastante vídeos com temas variados, ou algo específico,que derrepente me deparo e vou pesquisar, mas ao ler essa matéria, não consegui me lembrar de ter assistido ultimamente um vídeo de alguma empresa.

Like
bottom of page